Consultoria LGPD e terceirização de DPO

A proteção à privacidade deve ser encarada como um ativo da empresa.

Fale com um especialista

Marco legal com segurança e confiabilidade

Mapeamos o ciclo de vida dos dados pessoais para a identificação de riscos e oferecemos soluções tecnológicas que facilitam e agilizam a aderência ao novo marco legal com segurança e confiabilidade.

Após o mapeamento das fragilidades e sugestão de melhorias, é feita a adoção das ferramentas tecnológicas.

Além de proporcionar economia de custo e mais segurança na gestão documental, os aplicativos disponíveis inserem automaticamente a empresa na LGPD.

Segurança da informação

Fale com um de nossos consultores para saber mais

    Qual objetivo do seu contato?

    Ao submeter os dados, você autoriza a Copsys entrar em contato para um eventual oferecimento de avaliação e proposta.

    Aplicativos

    Conheça abaixo os aplicativos que fazem parte da nossa consultoria LGPD e terceirização de DPO.

    Logo Dok+
    Logo Yopen

    Armazenamento on cloud Dok+

    Armazenamento, controle total de acesso aos documentos e compartilhamento instantâneo com o cliente.

    Assinatura digital Yopen

    Processos de assinatura ilimitados com certificado ICP.

    Fluxo de aprovação de procedimentos internos e externos WorkFlux

    Anexe documentos, aprove e recuse procedimentos e tenha controle total sobre a localização dos arquivos, apenas consultando o workflow.

    Relatório de impacto de privacidade DPIA

    Todo o mapeamento do fluxo de dados deve ser compilado em um relatório que poderá ser exigido tanto ao Controlador quanto ao Operador pela ANPD.

    Fale com um especialista
    Mulher em uma sala de servidores mexendo em um computador

    Terceirização de DPO

    Data Protection Officer, ou simplesmente DPO, é o profissional que, dentro de uma empresa, é encarregado de cuidar das questões referentes à proteção dos dados da organização e de seus clientes.

    Terceirizar o DPO da sua empresa traz inúmeros benefícios como a imparcialidade do encarregado externo e o vínculo contratual entre as partes, estabelecendo as obrigações, os deveres e as responsabilidades.

    O Encarregado atuará como canal de comunicação entre o Controlador, os Titulares dos Dados Pessoais e a ANPD.

    Atribuições

    • Aceitar reclamações e comunicações dos titulares, prestar esclarecimentos e adotar providências;
    • Receber comunicações da autoridade nacional e adotar providências;
    • Orientar os funcionários e os contratados da entidade a respeito das práticas em relação à proteção de dados pessoais;
    • Executar as demais atribuições determinadas pelo controlador ou estabelecidas em normas complementares.

    Ficou interessado? Fale com um de nossos especialistas!

    Entrar em contato